Arquivo da tag: Facebook

2012: A Profecia Maia & O Futuro do Aprendiz de Escritor

O título é apocalíptico, mas esse post tem tanta notícia boa que chega a me dar coceira no nariz de tanta alegria.

Semana passada, divulguei aqui minha estréia como palestrante no II FECON. Lá, sucedi um dos cabeças do movimento cyberpunk, liderando junto ao meu guru Nelson de Oliveira um debate sobre as tendências da arte e do mercado de literatura capitaneado por Claudio Brites. Tudo isso dentro de uma das maiores universidades brasileiras, então é lógico que a palestra estava cheia — salas de engenharia à jornalismo, de bichos à veteranos. Lógico que, de tão nervoso que eu estava, passei mal durante o dia e até choveu no caminho pra lá.

Continue lendo 2012: A Profecia Maia & O Futuro do Aprendiz de Escritor

Intuição de Escritor VS. Demônio do Editor? Use ambos a seu favor!

Todo bom aprendiz de escritor já enfrentou o Demônio do Editor. Desde aquele aprendiz publicado e premiado com seu livro megablaster até o aprendiz que nunca saiu da gaveta e sequer mostrou seu texto para a mamãe. Não se trata do editor em pessoa — pelo menos não dessa vez — e sim daquela parte de nós que não pára nunca de analisar como se escreve. Ela fica sempre do nosso lado, acrescentando comentários do tipo “Sério que você está escrevendo isso?” ou “Vixe, não tem clichê demais aí não?”. Ah! Vamos lá, você o conhece sim! Quando ele resolve pegar pesado, pode rolar no chão e uivar de tanto rir enquanto arremeda o quanto nossos rascunhos são patéticos, nossos personagens melodramáticos e nossa trama sem pé nem cabeça. Nos seus dias ruins, ele simplesmente canta “Tire! Apague! Exclua!”

E mesmo assim continuamos a escrever. Lógico, comemos um bocado a mais de chocolate, bebemos muitas canecas de café e podemos até pegar o hábito de ranger os dentes de nervoso. Mas levantamos, sacudimos a poeira e continuamos a escrever. Por quê?

Continue lendo Intuição de Escritor VS. Demônio do Editor? Use ambos a seu favor!